Declaração do Imposto de Renda – é melhor pagar ou receber?

Todo início de ano é a mesma coisa, temos a maldita declaração de imposto de renda.

E aí o pessoal fica naquela “torcida” para ver quanto vai receber de devolução, fala-se que é um tipo de “poupança”, fica todo mundo esperando sairem os lotes de devolução da Receita e assim por diante.

Mas uma coisa que ninguém diz é o seguinte: o melhor negócio, quando se faz a declaração, é pagar e não receber.

Antes que você mude de site por achar que quem afirma uma coisa destas é louco, vamos à explicação:

Receber uma devolução significa que você pagou A MAIS o imposto durante o ano anterior. Se você tiver que pagar, é porque pagou a menos.

E o pior: se você sempre recebe devolução é porque sempre paga a mais. Mas como a devolução vem apenas durante o ano seguinte, até você receber o dinheiro de volta já terá pago alguns meses A MAIS DE NOVO. É bem possível que o leão já tenha mordido você A MAIS quase tanto quanto o valor  que ele vai devolver.

Claro que é ruim ter que pagar porque é uma despesa inesperada. Mas se você sempre paga, pode ter mais ou menos uma idéia de quanto isto vai ser e ir guardando aos poucos durante todo o ano.

Uma dica: se o seu salário mudar este ano, use o programa da Receita para simular a próxima declaração. Calcule quanto será sua renda até o final do ano, o que é fácil, e coloque no programa. Aí já vai ter uma idéia.

Além do fato de você não ter pago mais do que devia, não receber uma devolução ainda é financeiramente mais negócio. Veja que se você vai pagar este valor não é reajustado. Da mesma forma, receber também não (só depois de calculado). Então este negócio de dizer que é uma “poupança forçada” é fria pois o que foi pago a maior não vai render os juros da poupança ou o que for. Em compensação, se você pagar a menos e este valor for aplicado na poupança, por exemplo, quando chegar a hora de pagar para o governo você fica com os juros.

E, é claro, quanto mais a receber de volta, pior. Embora a maioria das pessoas fique com um sorriso de uma orelha até a outra quando vai receber. E quanto mais a receber, maior o sorriso. Já o seu bolso….

Com isto dá para perceber o motivo ode  governo “gostar” do processo de declaração do IR, por mais que o custo seja alto – se bem que quem vai pagar somos nós mesmos. É negócio para o governo. Não só porque ele consegue pegar a grana de quem pagou a menos mas também porque só vai devolver o que foi cobrado a mais bem depois.

Assim, a partir de agora quando você for fazer a declaração não fique chateado(a) se tiver que pagar. Saiba que é um grande negócio. Torça por isto. Ou, se for receber, deixa a ilusão de lado e torça para receber o mínimo possível.

O ideal mesmo seria não pagar e nem receber, sinal de que está correto (eu disse correto, não disse justo). Se tiver que receber, que seja pouco. Se tiver que pagar, quanto mais melhor. Melhor em termos de negócio. Porque obviamente é ruim ter que pagar alguma coisa além do que já se pagou. Ruim parta a alma, mas bom para o bolso.

Médicos cubanos

Já vimos médicos cubanos quase matando seus pacientes e agora temos a primeira que resolveu tentar dar no pé.

Mas por que ninguém diz que, no fundo, esta história toda é só para poder dar uma mesada para os “amiguinhos” do PT, os irmãos Castro? Ou alguém acha que o dinheiro que está indo para Cuba vai parar nas mãos do povo de lá? hein?

Estão sendo previstos 4 mil médicos cubanos no programa mais médicos do governo. Agora vamos a alguns um cálculos simples. O Brasil vai mandar para Cuba R$ 10.000,00 por mês para cada médico. Como cada um só vai receber de volta, como salário, R$ 1.000,00, significa que R$ 9.000,00 ficam em Cuba. Assim, 4.000 médicos x R$ 9.000,00 totalizam R$ 36 milhões (isto mesmo, 36 milhões) POR MÊS para sustentar aquela dupla de ditadores sanguinários em Cuba. Ou R$ 432 milhões por ano.

Quantas casas e escolas poderiam ser construídas com este dinheiro? Quanto não poderia se comprar de equipamentos para os hospitais? Aliás até mesmo camas ou produtos simples como soro e seringas que muitos hospitais não conseguem?

A propósito: a coisa é tão clara para mim que da primeira vez que eu ouvi a notícia sobre o programa mais médicos na TV, eles estavam anunciando a notícia, dizendo que o Brasil ia trazer não sei quantos mil médicos estrangeiros. Na hora, mesmo antes de passar a notícia completa eu pensei: só pode ser de Cuba.

E não é pela qualidade da medicina em Cuba, a qual já se sabe que não é mais a mesma há muitos anos.

Então, ou eu sou vidente, tenho muita sorte nos palpites ou conheço bem o PT. Uma destas coisas. O certo é que eu nunca consegui prever os números nem ganhar na mega sena ou outra loteria na base da sorte com as conhecidas apostas “no escuro”. Logo…

 

 

Porque o Brasil não consegue uma cadeira como membro no Conselho de Segurança da ONU

Para mim parece óbvio, mas como nunca vi ninguém dizer isto, classifico como algo que ninguém diz.

O motivo é simples: o sonho do Lula é ter este posto para ele. Os Estados Unidos, assim como a Inglaterra, sabem que se o Brasil se tornar membro do conselho en quanto o PT estiver no governo, o cargo vai ser do Lula. E é claro que eles não querem o Lula por lá

E não é só porque ele vai lá para querer continuar a se promover pessoalmente, uma das coisas que ele mais gosta de fazer, e ficar falando besteira, outra de suas manias compulsivas. Mas pelo fato de que hoje os EUA, a Inglaterra e os demais já passam por problemas enormes quando precisam tratar de algum assunto justamente porque a Rússia e a China estão sempre contra. Se colocarem o Brasil – leia-se Lula – é mais um para complicar as coisas.

Aqui não estou tratando do mérito do que está sendo discutido, ou seja, de quem é a razão. Mas sabe-se que em muitos assuntos Rússia e China vão ser contra os demais. Principalmente por apoiarem certas ditaduras que ainda existem pelo mundo como Cuba e Irã. E como o PT é outro que faz este tipo de coisa, seria mais uma pedra no sapato.

O Obama pode até ter dito que o Lula era “o cara”, ainda que não se sabe se bem o ele quis dizer com esta expressão de duplo sentido, que tanto pode significar o cara mais importante/capaz do mundo, que é o que o Lula acredita, ou o cara que engana quase todo mundo sem fazer nada. Só que o Obama, assim como muitos outros dirigentes de outros países, podem achar que o Lula é muito “legal”, mas aqui para os brasileiros. Lá eles não querem alguém assim nem por perto.

Sobre a Copa do Mundo

Era óbvio que o vexame já era esperado. Afinal, o governo atual só promete, promete e não faz nada. Lembram do PAC? E do PAC2?

Eles imaginaram que a FIFA é como o povo: a gente pr0mete que vai fazer e acontecer e, depois, deixa como está mudando a velha expressão “para inglês ver” para “para brasileiro ver”.

Só que a FIFA acompanha as coisas e não é tão desinformada assim.

Mas uma coisa que nunca se diz por aí é que desde o início este negócio de copa do mundo no Brasil sempre foi uma furada. O Brasil não tem condições de bancar um evento destes. Nem competência.Só que ficavam comemorando, principalmente grande parte da imprensa. Então agora não tem mais como nos livrarmos do vexame. Copa do mundo no Brasil de novo não em menos de 100 anos, até que todo mundo que passou ou viu esta coisa abominável tenha morrido.

Além disso, desde o princípio isto foi tudo uma manobra do Lula para se promover, coisa na qual, ele e o PT são  craques. E, é claro, para manter esta política de pão e circo (leia-se bolsa família e Copa do Mundo). Pior é que funcionou durante muito tempo em Roma e está funcionando há bastante tempo aqui no Brasil. Mas um dia isto acaba.

Se formos analisar bem a situação, a melhor coisa que pode acontecer é o Brasil não ganhar a copa. De preferência que caia fora o quanto antes. Assim toda a podridão vai ser escavada. Se o Brasil ganhar, vão ficar comemorando e será muito ruim para o nosso país. Um título não vale o nosso futuro.

Lula e os mensaleiros

Lula criticou os juízes do Supremo e se disse solidário aos mensaleiros que estão presos. Mais uma vez ele mostra não ter noção e critica a justiça. Lembram que na época da campanha da Dilma ele criticou a justiça eleitoral dizendo que achava estranho/errado que um juiz tivesse o direito de dizer o que ele podia ou não dizer. E ele ainda era presidente!! Ou seja, ele se acha superior até mesmo à justiça. Ou, como ele mesmo disse em relação ao seu “amigo do peito” Sarney, deve pensar que também não pode ser tratado como uma “pessoa qualquer”. Nós somos a “pessoa qualquer”. Eles, os “magnânimos”. E dizem que os faraós é que se consideravam descendentes diretos dos deuses. Se bem que no caso do Lula acho que ele não se considera a si e aos seus “cumpanhêro” como descendentes mas sim os próprios.

Bom, mas voltando aos mensaleiros: se ele é solidário, então porque não confessa logo seu conhecimento e sua participação no esquema e vai para a cadeia junto com eles? O Brasil agradece.

Da série “O que ninguém pergunta”: FIFA arrecada bilhões e ainda fica explorando (ainda mais) os brasileiros

Segundo está sendo previsto, a FIFA deve (e deseja obviamente) faturar cerca de 10 bilhões de Reais com a copa do mundo aqui no Brasil.

Claro que sabemos que não é só a FIFA que vai faturar grosso com isto. E não estou falando do comércio e serviços do nosso país. Acho que você entendeu.

Então vem a pergunta que ninguém faz: por que motivo ela não pode pagar um salário para as pessoas que vão trabalhar na copa? Por que precisam ser voluntários que trabalham de graça?

Sabemos que o Brasil precisa de empregos e, mesmo sendo temporário, qualquer emprego ajuda. E movimenta a economia.

Assim, não seria muito melhor se os brasileiros que vão trabalhar na copa recebessem um salário? Tenho certeza de que a FIFA não vai ficar mais pobre por causa disto.

Se o brasileiro fosse um pouco mais consciente, simplesmente ninguém iria se apresentar como voluntário. Seria um protesto tão bom quanto os que foram feitos nas ruas e quanto aos que talvez sejam feitos durante a copa. Ou até melhor.

Já imaginaram a cara de bobo dos senhores da FIFA e do (des)governo brasileiro se não aparecesse um só voluntário ou for só uma meia-dúzia? E se os que já se apresentaram começarem a pedir salário ou caírem fora se não receberem?